COVID-19

Devido a situação que nos encontramos em relação a COVID 19,  devemos resguardar nossa saúde e a saúde das pessoas que amamos. Essa também é a nossa missão neste momento.

Conforme teor da MP nº 948 *, a Fui Nessa Viagem informa aos seus clientes que será assegurada a remarcação das viagens e excursões ou disponibilização de crédito para uso em outro serviço ou viagem. Situação essa informada pela empresa desde antes da decretação de estado de calamidade pública no país.
Desta forma, agora assegurados pela norma citada acima, informamos que contactaremos cada titular da reserva para informar, no prazo de até 90 dias a contar de 8 de abril de 2020, a situação de sua viagem. Também ressaltamos que os créditos provenientes dos cancelamentos ou remarcações deverão ser utilizados pelo consumidor em até doze meses a contar do encerramento do estado de calamidade pública.

Ainda informamos que a empresa não está obrigada a reembolsar valores pagos pelos consumidores antes de esgotadas as possibilidades de remarcação, disponibilização de credito ou outro acordo direto com consumidor. No entanto, caso superadas todas as hipóteses e ainda assim persistir desajuste entre as partes, a Fui Nessa Viagem devolverá o valor pago corrigidos monetariamente em até doze meses, também a contar do encerramento do estado de calamidade pública.

É importante frisar que as medidas visam a saúde e bem-estar de todos. Diante do cenário atual, a empresa está se esforçando ao máximo para bem atender seus clientes, desejando atender a todos de modo amplo e efetivo. No entanto, lembramos que, pelo teor do art. 5º da referida Medida, as situações envolvidas pela calamidade pública enfrentada não resultarão em responsabilização por danos morais, imputação de multa por descumprimento de contrato e outras penalidades.
Assim, diante deste momento critico nos colocamos a disposição para sanar quaisquer duvidas de nossos clientes, estando disponíveis através dos telefones (41) 3434 – 3886 / 99111-3886 ou e-mail contato@fuinessaviagem.com

* Medida Provisória n nº 948, de 8 de abril de 2020 – http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Mpv/mpv948.htm